domingo, 27 de maio de 2012


Maria e a Juventude

“De todos lugares, Mãe de Caravaggio,
Fiéis aos milhares vos vêm suplicar.” (Estrofe do Hino de Caravaggio).

                Observe a bela estrofe descrita acima. De fato, ontem, dia 26,no Santuário  pude perceber a veracidade destas palavras. Fui com um grupo de jovens de minha comunidade à Caravaggio, saímos de Caxias por faz parte da vida das pessoas. Gente branca, negra, descendentes de alemães, italianos, afrodescendentes, todos por um motivo ou outro saíram cedo de suas casas com um objetivo, um desejo, se encontrar com Maria, claro que podemos encontra-la na oração, junto com Jesus, mas ao ver muitos descalços, chorando, rezando a simples oração do terço pude ver que ir dá um sentido diferente para o ano, que com, suas conquistas, e derrotas, vai passando.

                Contudo, o foco deste artigo, escrito por um jovem é ver o papel de Maria na vida do jovem. Pois bem, existem quantas Nossas Senhoras? 12? 16? ou 24? Se você respondeu alguma dessas acima, você errou, existe só uma Nossa Senhora, a Mãe de Jesus e nossa Mãe, sendo que ela possui diversos títulos.

                Especialmente, na avenida que acessa o Santuário vi que Maria também é Mãe da Juventude, afinal, Maria também não foi jovem? A juventude também estava presente lá em Caravaggio. Maria, a Mãe de Caravaggio nos chama, mas chama especialmente a juventude, num tempo de muita violência, a cuidar e defender a vida. Tudo isso pra que? Para que, conforme o tema da 133ª Romaria fosse difundido e vivenciado, no cuidado com a nossa saúde física e espiritual. Nós, jovens, somos o presente e o futuro da humanidade e da Igreja, não nos adianta caminhar muitos quilômetros para beber, fumar, enfim… fazer coisas que matam e não preservam a vida. Presenciei muitos jovens bebendo, fumando, porém, encontrei nos olhares de muitos outros e no meu coração o desejo de cuidar de si, da natureza, de pedir graças, de agradecer, o desejo de ser consolado por Maria, afinal, caminhamos pelo asfalto, pedras, muitos escorregaram e caíram ao chão, mas levantaram-se, houve neblina, sol queimante, mas tudo foi superado no encontro com Jesus na Eucaristia, na presença de Nossa Mãe. Não existe Jesus sem Maria, como também não existe Maria sem Jesus, e nós não somos nada sem o SIM de Maria e sem o amor do Cristo Ressuscitado.

Rezemos juntos a oração da Romaria de CARAVAGGIO

Senhor, somos vossos filhos e filhas que se colocam a caminho. Nossa direção é ir ao encontro da Mãe. No coração carregamos gratidão e muitos pedidos. Necessitamos de ajuda, pois sozinhos nos sentimos fracos e, por vezes, desanimados. Vós sabeis o que se passa em nosso coração. Pela intercessão de Nossa Senhora de Caravaggio, derramai vossas abundantes bênçãos, para que possamos cuidar da vida que está em nós e em toda a criação. Amém!

Vamos lá JUVENTUDE do RS - A JMJ RIO 2013 está chegando, mas antes tem o BOTE FÉ - E AÍ TCHÊ

Carta de Dom Eduardo Pinheiro - aos párocos - Maio 2012

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL
Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude

Brasília, 01 de maio de 2012.

CJ nº 0369/12

Caros irmãos Párocos e Administradores Paroquiais,

Vigários Paroquiais e demais Presbíteros.

"O Espírito Santo virá sobre você [...] Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra".

É Maio! Mês de recordar e celebrar com alegria a presença edificante de
Maria que, em plena juventude, respondeu positivamente ao chamado de Deus, dando sentido a sua vida e revolucionando a história da humanidade. E ela agiu assim impulsionada pela ação do Espírito Santo! Coincidentemente, no mês de Maria deste ano teremos também a Solenidade de Pentecostes!

Esta é a terceira carta que lhes escrevo e quer ser um forte convite para contemplarmos, em clima de Jornada Mundial da Juventude, os jovens que Deus nos confiou para amar e servir!

Como nossa presença sacerdotal e ação pastoral estão contribuindo para que os jovens respondam com alegria ao chamado que Deus lhes faz? Nossa ação catequética, formativa, espiritual tem trabalhado a ação do Espírito Santo na vida cotidiana deles? Como temos ajudado os jovens a perceberem a presença do Espírito do Ressuscitado em sua vida de cristãos e cidadãos? Estamos educando e evangelizando os jovens com amor de Mãe que não se cansa de apostar nos filhos e de sempre buscar novos caminhos de diálogo e aproximação? Que imagem de Nossa Senhora nossos jovens têm em seu coração e como estão vivendo a espiritualidade mariana?

Na festa do Espírito Santo não tem como não recordar, também, dos milhares de jovens que são crismados anualmente em nosso país. Que coração sacerdotal pode ficar insensível ao constatar que bom número deles acaba „sumindo do mapa‟ depois deste importante sacramento conferido, especialmente, na fase das grandes descobertas e decisões na vida? Quais propostas juvenis e atraentes nossas comunidades oferecem aos crismados para a continuidade de sua formação?

Perdemos muitos jovens ... Quanta força desperdiçada! Preparamos com tanto esmero o seu coração e, depois, „os abandonamos‟ numa sociedade que quase sempre não lhes apresenta propostas de amadurecimento e os violenta de diversas formas! Cada jovem é uma ovelha do rebanho e o pastor não pode dormir tranquilo se ela se extraviar ou, machucada, não encontrar quem as cure com carinho! Que tal organizar estratégias de visitas aos crismados que passaram por nossas paróquias nos últimos anos? E que tal confiar esta atividade missionária aqueles jovens mais engajados da comunidade: "jovens evangelizando jovens"? Esta já pode ser uma ação concreta da Jornada Mundial da Juventude em nível paroquial. Afinal de contas, a JMJ Rio 2013 já começou em nosso país!

O mês de Maio, além do convite para o aprofundamento da espiritualidade pascal e mariana à luz do Espírito Santo, nos recorda algumas pessoas que fizeram parte da vida e missão de Jesus e que poderão ser apresentados aos jovens: São José (dia 1), São Domingos Sávio (dia 6), os apóstolos São Filipe, São Marcos, São Matias (dias 3 e 14), Nossa Senhora Auxiliadora (dia 24), S. Filipe Neri (dia 26).

Queridos pastores dos jovens, encontro-me, neste momento, no Santuário de nossa Mãe Aparecida e a ela confio a vida de vocês, bem como o seu ministério sacerdotal exercido também em favor dos jovens. Peço a ela que ambos – pastores e ovelhas – estejam sempre sob seus olhares maternos e auxiliadores.

Dom Eduardo Pinheiro da Silva, sdb

Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ)

Em 2013 tem Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro com a presença do Papa Bento

Loading...